domingo, 20 de fevereiro de 2011

Sobra Tanta Falta


Falta tanta coisa na minha janela
Como uma praia
Falta tanta coisa na memória
Como o rosto dela
Falta tanto tempo no relógio
Quanto uma semana
Sobra tanta falta de paciência
Que me desespero
Sobram tantas meias-verdades
Que guardo pra mim mesmo
Sobram tantos medos
Que nem me protejo mais
Sobra tanto espaço
Dentro do abraço
Falta tanta coisa pra dizer
Que nunca consigo
(fernando anitelli)

2 comentários:

  1. Lindo poema.
    Sempre pensamos tanto nas coisas que nos faltam, que esquecemos das tantas que nos sobram...Abraço! Lud

    ResponderExcluir